Quem nunca teve pensamentos como "deveria ter saído de casa antes", "não deveria ter dormido quinze minutos a mais" ou "se eu não tivesse sido tão tola ontem, hoje tudo seria mais fácil"? Não há uma pessoa dotada de consciência que jamais provou o amargo sabor do arrependimento. 
O problema do amargo do arrependimento é que o gosto demora para sair da boca, ele fica por dias ou até anos e infelizmente não há remédio que faça esse gosto ir embora. Infelizmente? Acho que não.
Não, eu não estou louca. Se houvesse remédio para curar arrependimento, qual seria o propósito deles além de atrapalhar? Nenhum, e então não aprenderíamos nada com eles. É pessimista dizer isso, mas, geralmente, o que mais aprendemos, é o que mais sofremos para aprender. Quanto maior a dor, maior a ferida, maior a cicatriz e ai sim torna-se uma lição que somos capazes de esquecer. 
A cicatriz não acontece instantaneamente, pelo menos não para todo mundo. Há pessoas que cicatrizam muito fácil, outras já levam algum tempo para que ela pare de sangrar e finalmente torna-se passado. Há também aquelas pessoas que nunca terão cicatrizes e carregarão feridas sangrando o resto da vida.
Acho que a moral da história sobre arrependimentos é: não se arrependa. Você teve motivos para tomar as decisões que tomou e você só é capaz de julgar se elas foram as melhores ou não por que você as tomou. Caso contrário seria uma eterna dúvida. Você só é capaz de julgar se o dia foi bom ou não por que em algum momento você  decidiu levantar da cama e fazer dele mais um dia a ser vivido. 


Beijos
S.S Sarfati 

UM COMENTÁRIO ❤

  1. Lembrei da frase "se você apagasse todos os erros do passado, apagaria todas as lições do presente"

    ResponderExcluir