Moro em uma cidade de cerca de duzentos mil habitantes, isso quer dizer que é uma cidade bem pequena, que fica apenas duas horas de São Paulo, que tem cerca de quinze milhões de habitantes. 
Por ser uma cidade relativamente pequena, não é difícil que você encontre conhecidos ou amigos em comum com seus conhecidos o tempo todo. Sabe aquele negócio de não conseguir ir no shopping sem encontrar alguém conhecido? Então. Com as redes sociais como Twitter e Facebook a cidade tornou-se ainda menor. Já perdi a conta de quantas páginas/perfis que já encontrei falando das pessoas daqui, dos baphões que rolaram nas festas (geralmente tem uma grande festa e todos os adolescentes "legais" da cidade vão - por isso que geralmente fico em casa escrevendo) e até quem ficou com quem embora estivesse namorando. E quem sofre bullying em uma escola, dependendo da escola que vai, continua passando pela mesma coisa por que os alunos das duas escolas "conversam". 
Como se isso já não fosse o suficiente para detonar uma pessoa, agora inventaram esse tal de "Secret" que caso você não saiba é um aplicativo em que você pode contar seus segredos livremente por que tudo ocorre de forma anônima. Até ai parece uma boa ideia, de verdade. Já vi desde vários casos de pessoas pedindo ajuda para assumirem sua sexualidade até de gente pedindo sexo na cara dura ("Quero transar").

Continue lendo

UM COMENTÁRIO ❤

  1. É uma bosta o jeito que usam isso
    É até um aplicativo bacana, como vc mesma escreveu de pessoas que assumem a sexualidade e tal
    Pena que a maioria não sabe usar, não só o Secret, mas a maioria das redes sociais e aplicativos

    ResponderExcluir