Estou naquela fase da vida (linda, porém não) em que me vejo obrigada a me depreender de várias coisas que pensei serem eternas para poder seguir em frente. Estou tendo que romper com o passado para que eu possa caminhar em direção ao futuro.
Nunca tive muitos laços com o passado, então sempre foi fácil me desprender. Porém hoje, com meu dezessete anos praticamente recém completados, me vejo em uma situação totalmente diferente da que já imaginei que poderia estar: eu estou me apegando ao passado.
Preciso dizer, se soubesse que era assim que me sentiria, jamais teria desejado tanto me apegar. Mas é natural que em algum momento da minha vida eu começasse a me apegar ao passado ou simplesmente me apegar, uma vez que eu nunca tinha tido tal sensação e sempre quis sentir o máximo de coisas possíveis (eu sou escritora, sentimentos e sensações são minhas matérias primas).
Dói pensar em romper com o passado para seguir em frente, mas é bom pensar que tem por que seguir em frente. Acho que tudo isso é aprendizado e toda forma de aprendizado é digna de aproveitamento.

Beijos
S.S Sarfati

UM COMENTÁRIO ❤