Sou do tipo viciada em qualquer coisa perfumada: desde desodorante até produtos de limpeza. Parece coisa de gente estranha, e  talvez seja, mas eu sou um bocado estranha. E quem não é um bocado estranho a sua maneira? Ou você acha que só por que essa mania é sua ela é mais normal e todas as outras são manias estranhas? Se você acha isso, parabéns, continue vivendo nesse seu mundinho paralelo onde tudo é perfeito do seu jeito.
Eu coleciono vidro de perfumes também, mas isso eu já acho mais normal. Gosto da classe que os vidros de perfume passam e acho que foi para isso que foram feitos. Gosto de cheiros mais suaves, daqueles que se misturam facilmente com o ambiente. 
Os meus cheiros favoritos não são daqueles que cabem em frascos, são aqueles que estão por ai e quando menos percebemos invade nossas narinas e ativa alguma memória especial na nossa cabeça. É um cheiro forte,marcante e único. Um cheiro que representa tudo: qualidades e defeitos, medos e coragens, beleza e feiura ao mesmo tempo.
Um cheiro sublime ao olhar. Nada além de algo que te abraça sem ter mãos ou braços, algo que te envolve sem fazer esforço é algo que te toca sem querer. Mas do que adianta um cheiro perfeito e envolvente se não for associado as boas coisas da vida? 

Deixe um comentário