WeHeartIt

Talvez por eu gostar de escrever e ser autora, muita gente acaba me perguntando minha opinião sobre determinado livro, autor, gênero e indicação de livros, por isso decidi comentar por aqui quais são meus hábitos de leitura. 
Já adianto que falar sobre meus hábitos de leitura é algo bem complicado porque eu mesma nunca parei para pensar nisso. A leitura é algo que me acompanha desde que me entendo por gente, mesmo antes de eu saber ler eu lia meus livros de banho (inclusive falei sobre isso na minha entrevista para a Tv Justiça, clique aqui para assistir). Cresci observando meus pais lendo desde jornais e revistas até  os livros mais diversos. 
Minha aventura no maravilhoso mundo dos livros começou quando eu tinha uns três ou quatro anos, realmente não me lembro, e eu brincava com a série de livros da Ninoca que era uma série de livros interativos (inclusive esta série de livros existe até hoje, meu favorito era A Casinha de Brincar da Ninoca) o que me ajudou a ter uma familiaridade enorme com os livros desde muito cedo. Quando estava na terceira série, lá em 2006, eu comecei a ler a saga de livros do Diário da Princesa da Meg Cabot e me apaixonei completamente pela histórias e pelo gênero de livros adolescentes, especialmente os mais românticos.
 Nestes últimos dez anos eu li MUITOS livros adolescentes no estilo dos livros da Meg Cabot (inclusive vários dos livros os quais foram lidos por mim nestes dez anos foram livros dela) e conforme eu fui deixando a adolescência, os livros adolescentes também foram me deixando e eu fui caminhando em direção a livros um pouco mais maduros e procurando outros gêneros além do romântico. Inclusive, livros em que o foco principal era apenas o romance começaram a não me agradar mais, o que fez eu me aventurar em autores diferentes e distopias. 
Hoje ainda leio Meg Cabot e livros adolescentes, mas com outra visão. Eu deixei de ler estes livros como alguém que está na adolescência e sim como alguém que já passou por tudo aquilo. Eu gosto muito de ler livros de romances, mas não aqueles exageradamente românticos, aqueles que "iludem" o leitor. Não gosto de pensar na leitura como um escapa da realidade e sim como uma complementação da realidade. Gosto muito de ler livros europeus, bem mais do que os americanos. O humor europeu e o jeito que eles encaram a vida é algo que me agrada muito. Distopias são uma paixão recente para mim então ainda não li muitas, embora eu ache um gênero fantástico para ser estudado e discutido. Passei a ter interesse em ler livros da aula de literatura também, sendo Clarice Lispector e Machado de Assis os meus favoritos. 

Para saber quais livros estou lendo e o que eu quero ler, clique aqui (skoob).
Para saber quais foram os últimos livros que li clique aqui, lembrando que ultimamente tenho lido muitos livros para a faculdade.

Beijos
S.S Sarfati

Deixe um comentário