WeHeartIt

Não acho que exista maneira melhor de começar esse texto do que fazendo um paralelo com os nossos hábitos de consumo. Quando nossos computadores, celulares, televisões ou qualquer outra coisa do tipo quebram, o que fazemos? Compramos outro, substituindo o antigo. Simples assim. Contudo, tornou-se tão fácil substituir bens de consumo que estamos levando esta lógica para todos os aspectos da vida sendo capazes de substituir tudo, até mesmo pessoas.
Eu sou do tipo de pessoa que acredita que nenhuma pessoa cruza o nosso caminho por acaso, todo mundo tem um papel único na nossa vida. Então quando, por algum motivo, alguma pessoa saí da nossa vida o espaço que ela teve fica vago podendo ser preenchido apenas por ela.
Só o que acontece é que cada vez mais trazemos pessoas para nossas vidas para que elas substituam as pessoas que saíram ao invés de encontrarmos o verdadeiro lugar delas. Nós estamos com muita preguiça e sem paciência para conhecermos o suficiente as pessoas para entender o que elas vieram fazer na nossa vida. Quando alguém entra na nossa vida já queremos saber no lugar de quem ela vai entrar ao invés de somarmos ela na nossa vida.
Pessoas não são rolhas que entram em buracos, precisamos parar de tratá-las como tal.

Beijos
S.S Sarfati

UM COMENTÁRIO ❤

  1. Adorei esse texto e nossa ele se encaixou perfeitamente pra uma situação aqui.
    Amei mesmo, parabéns <3
    Beijão
    querosermiranda.blogspot.com.br

    ResponderExcluir