WeHeartIt

Acho que todo mundo que esteja minimamente interessado no futuro profissional, mesmo que não tenha condições de arcar com o estudo de um segundo idioma agora, sabe que isso é algo muito importante não apenas para a vida profissional, como para a vida de forma geral. Claro que a importância do Inglês é enorme, em algumas carreiras é imprescindível, mas há muitos anos que não é mais um diferencial, tornou-se obrigação na maioria das vagas de emprego.
Pensando  nisso, lá em 2003, quando eu tinha seis anos, meus pais me colocaram para estudar inglês, para que assim quando eu fosse adulta, seria um problema a menos na minha vida e eu poderia usar o tempo para estudar outras coisas e não deu outra: hoje, enquanto vejo muita gente na faculdade sofrer por causa da falta do Inglês, eu tenho isso como vantagem. Por ter começado tão nova, deu tempo de estudar muita coisa e com isso fazer todos os livros da Cultura Inglesa - o que eu considero meu maior diferencial. Eu sempre tive facilidade com inglês e idiomas de maneira geral, mas lógico que todo esse processo envolveu muita dedicação (embora eu fosse muito nova e por isso acho que não me dediquei o máximo que eu poderia ter me dedicado).
Hoje, com quase 20 anos, curso completo de inglês e tempo para investir no estudo de um novo idioma decidi aprender francês. Sempre achei um idioma muito bonito e já até tinha chegado a procurar aulas no passado, mas quando fui procurar aulas este ano, os preços estavam muito fora do meu orçamento, beirando os R$ 400 por mês. Sendo assim, minha mãe encontrou uma professora particular e assim acabou saindo mais barato. Comecei as aulas em meados de Agosto e já estou amando!
Vem ver o que estou achando do processo de aprendizagem e do novo idioma em si:



WeHeartIt

É muito parecido com o Português (e igualmente difícil):
Quem aprendeu a gramática da Língua Portuguesa minimamente bem pega fácil o jeito para a gramática francesa. É extremamente parecido, inclusive algumas palavras. Se você souber um pouco de Português, será muito mais fácil aprender Francês.

Requer estudo:
É chato, mas Francês ou nenhum outro idioma você vai aprender por osmose. Você será obrigado a sentar na cadeira na frente do livro e do caderno e dedicar-se ao estudo.

Precisa correr atrás:
Inglês, por mais distante que seja do Português nós temos muitas influencias no nosso cotidiano, filmes e séries são um ótimo exemplo disso. Naturalmente nós temos pouco contato com Francês, então você não consegue colocar em prática tanto quanto o Inglês, por isso você precisa correr atrás de buscar maneiras que o novo idioma se encaixe na sua vida.

Fala-se com biquinho:
Sim, é verdade! Parece mito, mas não! A parte mais difícil em aprender francês, para mim, é a pronúncia. A parte escrita é mil vezes mais fácil para mim.

Por que aprender Francês?
O que mais tem por aí é gente querendo dar pitaco na nossa vida, certo? Por isso, quando revelei a algumas pessoas mais próximas que eu ia estudar francês o que mais apareceu foi gente dando palpite que Espanhol era melhor e eu ficava "Eu não te perguntei qual dos dois é melhor, eu disse que vou estudar Francês" e o maior argumento que eu escutava era que Espanhol se falava em várias partes do mundo enquanto Francês apenas na França. Além de chata, quem me dizia isso era mal informada porque além da França, o Canadá, na região de Quebec fala-se Francês e quem não tem vontade de ir para o Canadá nem que seja apenas de passagem? Além do mais, se você tem vontade de fazer algo que você acha legal, faça. Pelo menos uma vez na sua vida faça algo que você quer por prazer próprio, nunca se sabe quando teremos tempo de fazer isso de novo.

Espero ter esclarecido algumas dúvidas, mas me coloco a disposição de responder outras quaisquer que sejam.
Beijos
S.S Sarfati

Não se esqueçam de se inscrever para a Newsletter do blog clicando aqui, emails toda semana!

Deixe um comentário