São quase duas e meia da manhã e eu escrevo este texto entre um soluço e outro porque sinceramente já não sei o que pensar e muito menos o que sentir. Caramba, o que foi tudo aquilo que nós passamos, quero dizer, aquilo que nós passamos, foi alguma coisa para você?
Aparentemente não. Pelo que me parece você ignorou tudo que aconteceu em nome de uma tal liberdade e desapego que você nem sabe direito se é isso mesmo que você quer ou se tem esse nome de verdade. Tudo o que você quer é se enterrar em um mar de solidão e, no fundo, você só quer isso por não saber lidar com a realidade.
Nós dois como algo a mais do que apenas dois solitários que se encontraram de maneira aleatória na noite foi uma ilusão criada por mim, assumo total responsabilidade sobre isso, mas você me deu vários motivos para isso. 
Eu tenho um palpite sobre isso tudo, quer ouvir? Acho que voocê fez isso para ver até onde ia, para ver até onde um esquisitão como você era capaz de seduzir uma jovem como eu e uma parte de mim não consegue acreditar que fui capaz de ser completamente iludida por você. Justo eu que sou tão boa em ler as pessoas, mas parece que quando se trata do amor sou completamente leiga. Analfabeta do amor. 
Sabe quando você está em um estado de desilusão tão grande que você não tem mais nada para dizer e tudo que você quer é esquecer? Era nesse estado em que eu estava e eu estava indo muito bem - até ver você dando em cima da minha amiga. Sério mesmo, minha amiga? Tantas meninas para dar em cima e você escolhe justamente a minha amiga e como se isso não fosse o suficiente, você ainda escolheu uma situação em que eu certamente ficaria sabendo. Impossível não pensar que você não fez isso minimamente de caso pensado. Desculpa querido, isso não parece coisa de quem nunca se envolveu ou de quem nunca se importou.
Tudo que eu quero dizer é que nós teríamos sido ótimos juntos, sim teríamos. Nossos signos combinavam, pensávamos do mesmo jeito, mas você decidiu que tudo o que nós poderíamos ter sido se tornasse história, hipótese. Eu posso não saber direito como continuar, mas sei que vai ser sem você.

Beijos
S.S Sarfati 

Não se esqueçam de se inscrever para a Newsletter do blog clicando aqui, emails toda semana!

Deixe um comentário