WeHeartIt

Eu, enquanto escritora, vivo em constante insegurança por achar que nunca mais vou escrever algo tão bom o quanto eu já escrevi antes. Ontem eu compartilhei um texto que escrevi no início de 2015 o qual hoje eu li e considero ele fantástico, mas sei que na época não achei ele grande coisa. Além da insegurança por si só, eu lido com um fantasma enorme. 
Quando sentei para escrever este texto, tinha um tema mais genérico em mente, mas quando vi a tela em branco pronta para ser preenchida, eu entrei em uma crise de insegurança e não conseguia pensar em nada para começar. Faz quase um mês que não escrevo então é natural que isso aconteça, o que não é natural é que eu não escreva por medo do que eu venha a escrever seja ruim. É óbvio que eu vou falhar se eu não começar justamente por medo de falhar. Parece confuso a primeira vista, e é, mas muito mais comum do que parece.
Eu acho que a parte mais difícil de lidar com as nossas inseguranças é entender que nós temos uma necessidade tão grande de sermos fortes o tempo todo  que quando somos acometidos por um breve momento de insegurança ou fraqueza, nós simplesmente desmoronamos por não saber como lidar com tal sentimento que nos coloca em uma posição aparentemente muito inferior do que a que gostaríamos de ter.
Além disso quanto mais forte queremos ser, maior é o equívoco que geramos dentro das nossas próprias cabeças de que esse sentimento é algo exclusivo e que mais ninguém entende como ele é. O mundo tem mais de sete bilhões de pessoas e apenas uma dessas sete bilhões, eu, você, sabe como é se sentir inseguro. Claro que a luz da racionalidade isso não faz o mínimo de sentido, mas é assim que é. Precisamos parar de colocar as nossas inseguranças como algo ruim, algo que nos desabona de alguma maneira porque isso é algo que simplesmente faz parte da natureza humana assim como amor, ódio, felicidade e tristeza. É uma necessidade eminente na nossa evolução enquanto seres humanos, entendermos que nós precisamos abraçar nossos defeitos, nossos pontos fracos, para que possamos viver uma vida um pouco mais em paz com nós mesmos.

Beijos
S.S Sarfati

UM COMENTÁRIO ❤

  1. Amei o post!
    Estou apaixonada pelo seu blog e pelos seus textos!!

    http://livrebeleza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir