Foi algo que aconteceu de repente: quando fui dormir eu estava apaixonada por você, quando acordei você já não significava mais nada para mim. Foi estranho, mas não foi como se eu tivesse te abandonado.
Na verdade, eu não tinha o que abandonar.
Você nunca me deixou chegar perto o suficiente de você para que um abandono ocorresse de fato. Quero dizer, você está quebrado. Eu nunca te vi de outra forma, mas tenho certeza que seu sorriso seria mais largo se me deixasse chegar perto o suficiente.
Eu sei que você diz que está tudo bem, mas eu sei que não está. É possível ver toda sua fragilidade através dos seus olhos castanhos. Quero dizer, uma pessoa que já se quebrou sabe quando encontra alguém quebrado.
Pois é, talvez soe inusitadamente, mas eu já me quebrei antes. Várias vezes. Para ser honesta, eu vivo quebrada. Eu demoro, mas me reergo. Colo os meus pedacinhos e volto a viver. Você não. Você parece curtir a dor de viver. Viver é bom, não é para doer. É tão difícil para você entender isso?
E é por essas e outras que eu parei de gostar de você: não dá para gostar de quem não gosta nem de si mesmo.

Beijos
S.S Sarfati
Tumblr

Deixe um comentário