Eu digo isso por que não basta você ser a favor do casamento gay simplesmente por que você é, por que você é de uma geração que te ensinou a ser assim. Você deve ser a favor do casamento gay por que, de acordo com seus princípios, você concorda com isso. Em outras palavras, não basta ser a favor das novidades, você deve gostar delas. 
É muito comum, especialmente entre adolescentes, reparar em quanto todos estão sempre tentando parecer modernos, atuais, vanguardistas de tendências que sempre estão tentando ser mais vanguardistas do que os outros. Mas é só ter um olhar mais atento sobre eles e veremos que eles não fazem isso como se eles tivessem outra opção, como se eles realmente quisessem fazer isso: eles fazem por que está no DNA da sua geração fazer isso. 
Os adolescentes de hoje vivem os sintomas de uma geração pós modernidade onde todos são obrigados socialmente a reafirmarem suas diferenças tornando-os cada vez mais iguais. Ou seja, os adolescentes de hoje não tem outra saída a não ser pregarem suas diferenças, cada vez mais reafirmar ao mundo o que os torna diferentes dos seus colegas de escola ou de seus pais, porém isso acaba gerando um efeito reverso por que depois de ver tanta gente afirmando suas diferenças percebe-se que eles nunca estiveram mais iguais. Deixam bem claro que seus comportamentos, atitudes e pensamentos são sem igual até quando não há como isso ocorrer, tornando suas atitudes forçadas.
Não há problema em não ser diferente o tempo todo, o problema acontece quando isso torna-se forçado. Quanto mais algumas pessoas tentam fugir da massa mais na massa elas caem. Quer maior exemplo disso do que aquelas blogueiras metidas a lançadoras de tendência de moda? 
Não basta ser vanguardista, você tem que ser único.

Beijos
S.S Sarfati

Deixe um comentário