Não, você provavelmente não sabe por que eu nunca te falei e não posso contar que você seja alguém que pega as coisas no ar. Você até pode ser alguém que pega as coisas no ar, mas não posso ter isso como uma certeza. Então que fique certo que, a partir desse exato momento, você sabe que eu sou uma pessoa de fases. 
Não é algo que eu me orgulhe muito, mas também não é algo que eu tenha vergonha. É simplesmente algo. Secretamente me orgulho por achar que isso que dá tempero à minha pacta vida de quem mora no interior, mas me envergonho um pouquinho por que penso que não deve ser muito legal conviver com gente assim. 
Não acho que devo mudar por causa das pessoas, no fim do dia a única pessoa que está comigo sou eu mesma., mas as vezes me pego pensando em quanto minha vida seria diferente se eu fosse uma pessoa um pouco mais tranquila. Não se engane: não sou uma pessoa que sai, vai para festas e bate cabelo por aí. Pelo contrário: é sábado à noite e eu estou escrevendo. Eu digo tranquila no sentido mais interno da palavra, no sentido mais interno a que se aplica a palavra. 
Sou uma pessoa muito agitada por dentro. Estou sempre pensando em algo. Dormir, por exemplo, é algo muito difícil: acalmar os pensamentos é como domar pequenas feras enjauladas. Nessas horas os fones de ouvido são grandes facilitadores: é só fechar os olhos e cantar mentalmente a música. Prestar atenção em algo durante muito tempo nunca foi meu forte, principalmente em algo que eu não gosto muito, como acontece com as aulas que envolvam números. Fatalmente 20 minutos depois estarei caminhando na velha estrada de tijolos amarelos. 
Mas ai eu volto. E me dou conta que fugi totalmente do assunto que havia começado!
Acho que por ser uma pessoa de pensamento muito agitado, isso faz com que as coisas na minha cabeça girem muito, o que dá origem as minhas várias fases. Não sei que fase estou agora, só sei que gosto e ficaria feliz se nunca mais saísse dela. Ai quanta tolice. Sei que posso passar um longo período por aqui, mas a mudança é inevitável. O mais importante é aprender e aproveitar cada fase.
Algumas pessoas entendem, essas vou levar para a vida toda, mas várias não entendem, não gostam e não conhecem. Chato, chato, chato. Me acham insensível, distante, fria, que isso é só coisa da minha cabeça ou que tudo isso é puro charme. Agora peço para fazer uma pausa no pensamento para que eu possa incluir a frase mais genial que já me disseram sobre isso: "Isso pode até funcionar com garotos, meninos, mas com homens, essa sua imaturidade nunca vai funcionar direito. Se você está, você tem que estar realmente". Deixo subentendido o gênero de quem disse isso, apesar de nunca entender realmente por que isso foi dito.
Prosseguindo, acho a minha grande questão é que eu posso estar, mas sem estar lá realmente. Isso não é bom, mas também não é ruim. Não é bom por que as vezes pareço não me importar quando me importo, só que do meu jeitinho, mas não é ruim por que todo mundo que me conhece, e me entende, sabe que de certo modo sempre estarei lá por todo mundo.
Peço desculpas se você não gosta das minhas fases ou de mim. Se você não sabe ou não quer saber lidar com elas, se você não as conhece e nem quer conhece-las. Chego ao absurdo de agradecer o fato de você permanecer longe. Não sou do tipo que gosta que as pessoas cheguem como se fossem melhores amigas. Prefiro descrição, prefiro um pouco de distância, pelo menos no começo. Digo de novo, não é por mal, é só meu jeito. 
Não sou tão ruim ou tão distante como me descrevi durante várias linhas, só sou uma pessoa cautelosa e desconfiada. Não me julgue por isso, você nunca caminhou com os meus sapatos. Só peço por favor que entenda, só peço que por favor me perdoe, mas eu sou uma pessoa de fases sabe? 

Beijos
S.S Sarfati

UM COMENTÁRIO ❤