Sou do tipo de pessoa que valoriza as pequenas coisas, os pequenos gestos, as pequenas atitudes. Aquele bom dia legítimo, aquele preocupação sincera, aquele contato carinhoso. Me impressiono com conversas pequenas e corações gigantescos.
Sou sonhadora e utópica, é verdade, mas gosto de olhar para o olho das pessoas e tentar me levar pela primeira impressão que tive. É muito difícil eu "desistir" da primeira impressão que tive sobre alguém, mesmo quando essa impressão não foi tão boa ou até quando a pessoa me dá motivos para largá-la. Não gosto. Acho ingrato desistir de alguém por causa de uma série de atitudes, tomar uma série de decisões erradas não significa que você só tome decisões erradas. Talvez seja só uma fase errada, com pessoas erradas na hora errada. Quem sou eu para julgar se aquilo é certo ou não? Só quero que sejam todos felizes e muito mais felizes do que eu, por favor. Aí não tem motivo nenhum para alguém vir me incomodar.
Gosto de esperar. Gosto de esperar para ter certeza que o que eu via naquela determinada pessoa finalmente desabrochou. Gosto de ser aquela pessoa que não desiste das outras até quando ela desistiu dela mesma. O meu grande problema é entender quando isso está me fazendo mal. A grande diferença entre persistência e teimosia é que teimosia machuca e você insiste nela mesmo assim.
Gosto dos pequenos detalhes por que neles vejo esperança de dias melhores, com pessoas melhores que vão fazer um futuro melhor. Gosto das pequenas atitudes mais do que das grandiosas atitudes. É nos detalhes que conhecemos a verdade, é nos detalhes que somos de verdade.

Beijos
S.S Sarfati

Deixe um comentário