Eu nunca tinha parado para pensar o quanto é celebrada a virada do ano. É uma festa sem iguais onde todo mundo está feliz pelo final de um ano e começo de outro. A celebração o ano novo é a única festa onde todas as pessoas reunidas estão esperançosas por um futuro melhor sendo que se pararmos para pensar dia 1° de Janeiro poderia ser facilmente só mais um dia corrido de Dezembro e o dia 25 de Setembro poderia ser o início de novos tempos. Não estou dizendo que não celebro o ano novo, que não gosto desse clima de recomeço, só acho que em geral atribuem um peso excessivo a uma data sendo que ela por si só não vai mudar nada. A esperança é o sentimento mais poderoso que há, mas a esperança antes de tudo deve ser em si e não que algo vai mudar magicamente. Outra coisa curiosa sobre esta data é que fica-se tão feliz com o começo do novo ano que não percebe-se o quanto próximo do final é, enquanto este é visto como algo tão odiado, esse é visto como algo extremamente amado mesmo antes da sua chegada, como um bebê. E caso esse bebê não seja bem cuidado ele vai ser tão mal criado e birrento quanto o bebê chamado Ano Velho. Odeiam e amam coisas que estão sempre muito próximas uma da outra. Um ano só é velho por que o outro é novo.
Já que hoje foi o dia escolhido para que todos recomecem juntos em uma grande união, eu desejo para todos um ótimo recomeço e que todos alcancem seus objetivos sempre compartilhando com aqueles que sempre estiveram presentes e que também estão com suas próprias batalhas de recomeço. E que nunca nos esquecemos que estamos todos juntos nesse recomeço traduzido para: feliz 2015! 

Beijos
S.S Sarfati

Deixe um comentário