Você não precisa disso para ser feliz/WeHeartIt

Eu acho que praticamente todos nós gostamos de comprar coisas novas. Sejam livros, sapatos, roupas, maquiagens, HQ's, dvds, qualquer coisa. O grande problema é quando isso se torna demais e o ato de comprar ganha papel de destaque na nossa vida e nada faz sentido se não resultar em compras. 
O capitalismo de forma geral é movido através do consumo e a sociedade brasileira, por ter uma influência estadunidense tão grande, é extremamente consumista. Revistas, sites e blogs estão sempre nos dizendo o que devemos ter para sermos considerados "legais", "hipsters" ou apenas estilosos. E isso é ridículo. Ninguém deve te dizer o que você precisa ter para ser feliz porque a verdade é que você não deve precisar de algo material para ser feliz.
O problema que gera a imposição é que as pessoas aceitam a imposição sem ao menos relutar, sem ao menos pensar no que elas estão aceitando, sendo este o principal problema da imposição: a aceitação. Porque a verdadeira imposição não vem da mídia, a mídia diz várias coisas todos os dias que escolhemos ignorar - porque não ignorar mais essa? Porque é interessante para algumas pessoas aceitarem isso. É interessante para algumas pessoas aceitarem que precisam de roupas de uma marca X para ser considerado estiloso porque elas têm essa roupa da marca X e elas querem ser consideradas estilosas. A pressão para consumirmos vem das próprias pessoas e pessoas compõe a sociedade. Há uma pressão gigantesca para consumirmos porque o consumismo gera status e status gera auto-estima. 
Eu gostaria de poder dizer que o consumismo é um problema exclusivamente feminino, mas não é. O consumismo é um problema que ataca a todos, mesmo aqueles que não consomem pois na grande maioria dos casos essa pessoa que não está consumindo gostaria de estar consumido e está infeliz por não poder. Seja por falta de espaço ou dinheiro.
Estamos em um momento delicado quando o assunto é economia e por isso as pessoas estão podendo consumir cada vez menos e como se isso já não gerasse infelicidade o suficiente, as pessoas estavam acostumadas a consumir bastante até dois anos atrás e a perda do padrão econômico é um baque muito grande. Especialmente porque tem aquelas pessoas que continuam consumindo como se não houvesse amanhã.
Nos últimos anos foi impregnado na nossa cultura o conceito de "consumo = felicidade". Isso nunca foi nosso, nós importamos um aspecto cultural horrível e totalmente desnecessário e agora, o que antes nos trouxe tanta felicidade, está nos levando a ruína. Você é mais do que a quantidade de compras que você faz, você é mais do que os produtos que você compra. Você é uma pessoa e tem sentimentos e nenhuma compra nunca vai superar o que você sente.


Beijos
S.S Sarfati

Deixe um comentário