WeHeartIt

Nem sempre voltar para a rotina é fácil, na verdade, é sempre bem complicadinho. Eu saí de mais de um mês em que eu não precisava fazer absolutamente nada para uma rotina em que meus dias são cheios de ocupações. Claro que como eu sei que a primeira semana é sempre mais complicadinha, eu tento organizar minha vida de uma maneira que as outras coisas não me ocupem tanto, tendo todo o tempo focado em me adaptar de volta para a faculdade. 
Estou no segundo semestre e isso é fantástico. Fiz um primeiro semestre bom com relativamente pouco esforço então estou usando (ou pelo menos tentando) isso de motivação para fazer um segundo semestre ainda melhor me esforçando mais. O meu maior defeito é me contentar com pouco. Quando eu faço algo e considero que o resultado foi bom parece que meu cérebro trava e não quer tentar ir além mesmo sabendo que eu tenho potencial.
A verdade é que eu adoro meu curso, acho ele bastante amplo e cheio de assuntos os quais eu gosto bastante, mas não me vejo com aquele empolgação de foca que eu vejo meus amigos. Não que eu esteja criticando eles, de forma alguma, eu estou me criticando. 
"Então você não se imagina trabalhando na área?" Claro que me imagino, mas não de maneira convencional. Nunca encontrei de maneira acessível o trabalho dos meus sonhos. Sabe aquela frase que diz que se não encontramos o emprego dos sonhos é porque devemos criá-lo nós mesmos? Eu sempre tive uma crush por ela. Desde bem antes de começar a pensar mais seriamente sobre faculdade eu meio que sempre me identifiquei com ela. Talvez essa seja a frase da minha vida. 
Uma coisa que eu estou decida a fazer esse semestre é ler mais. A bibliografia do curso é muito vasta e sinto que não aproveitei ela em nada no primeiro semestre. Eu adoro ler, mas como não leio mais a mesma quantidade livros e nem com a mesma frequência quando eu eram mais nova (eu era uma verdadeira traça de livros) confesso que estou um pouquinho enferrujada.
Acho que com um pouquinho de atitude eu mudo tudo isso.

Beijos
S.S Sarfati

Deixe um comentário