WeHeartIt

Talvez quem me só me conheça por aqui e me veja falando sobre absolutamente tudo que me dá na telha não imagina o quanto eu sou tímida pessoalmente e quanto é difícil para mim falar uma única frase sequer entre pessoas as quais eu não estou acostumada. Não que eu não consiga, eu não deixo de falar nada que eu queira, mas sou aquela pessoa que em um rolê em que eu não conheço ninguém, eu basicamente apenas observo.
Não que eu seja muito insegura, sou só um pouquinho, na medida certa para não ser conhecida como aquela que se acha. Não suporto gente assim e odiaria me tornar uma dessas pessoas. 
Durante muito tempo acreditei que essa minha timidez, esse meu jeito introspectivo de ser fosse um defeito, algo que eu deveria combater com todas as minhas forças, só que o tempo foi passando, as inseguranças deram espaço para novos bons sentimentos e eu continuei do mesmo jeito. Foi só então que eu percebi que eu era mais quietinha mesmo e não havia problema algum nisso - o único problema era de quem criticava o meu jeito.
Eu faço um curso da área de Comunicação Social, área a qual 90% não são apenas extrospectivas, mas super-ultra-mega extrospectivas, ou seja, eu não poderia ter escolhido um curso com pessoas mais opostas de mim. Passei a metade do ano me questionando se de fato eu estava no curso certo. Não me entendam mal, eu amo Jornalismo, mas a maioria das pessoas deste curso adoram aparecer! Não que isso seja necessariamente algo ruim, só um pouco, mas é extremante diferente de mim que quanto mais quieta fizer meu trabalho, melhor. Só citando a minha sala, quase metade quer Jornalismo Esportivo e a outra quase metade quer Televisão enquanto eu faço parte do time, quase inexistente, que não quer fazer televisão nem por decreto. Eu fui em uma palestra sobre Telejornalismo e a primeira coisa que eu disse para minha mãe quando eu voltei foi que eu não queria aquilo de jeito nenhum - embora talvez eu goste da parte por trás das cameras. 
Escrevi todas essas linhas para dizer uma única coisa: não importa se você é quietinha ou não, mas que você não deve deixar de fazer algo que você queira muito porque alguém disse que você não tem o perfil certo. Não desista por causa dos outros. Use seu jeitinho para fazer o que você queira fazer de maneira que só você consegue.

Beijos
S.S Sarfati

Não se esqueçam de se inscrever para a Newsletter do blog clicando aqui, emails toda semana!

2 COMENTÁRIOS ❤

  1. Belo post.
    Eu sou bem tímida, e quando estou com pessoas quais não estou acostumada, como você disse, sou tímida ao extremo, de ficar bem quieta mesmo. Eu queria perder essa timidez, pois pra mim é bem ruim, pelo fato de eu querer fazer várias coisas, e a timidez, simplesmente me travar. Pra mim é bem horrível mesmo. Mas como você disse também, realmente tem pessoas que são mais quietas. E não há mal nisso. Obrigada pelo conselho. Eu simplesmente tenho que fazer o que quero, e não ligar pelos os que os outros pensam.
    Beijos.
    http://sobrevivendo-ao-caos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir